Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linha White

Respirando - Programa de Cessação Tabágica

Para todos os que pretendam respirar melhor, aumentar os seus anos de vida, melhorar a qualidade de vida, aumentar o seu orçamento mensal e obter resultados mais rápidos nos tratamentos da White sem quaisquer complicações pós-operatórias.

 

Quantas vezes já tentou deixar de fumar? Sabia que apenas 5% dos fumadores que tentam deixar de fumar o conseguem fazer sem ajuda de um programa especifico? Com o programa respirando ajudamo-lo com esta tarefa. Aceita o desafio?

 

O Tabaco e os Tratamentos

Quando procura um tratamento estético pretende melhorar a sua aparência, mas o hábito de fumar pode ser um obstáculo para chegar ao resultado pretendido. A nicotina provoca um efeito vasoconstritor das artérias e veias dificultando as circulações periféricas, diminuindo assim a capacidade de cicatrização do organismo. Para além da dificuldade de cicatrização, podem surgir complicações pós-operatórias.

 

O Tabaco e os Tratamentos Dentários

O hábito de fumar tem um efeito prejudicial nos resultados dos tratamentos dentários

- Escurece os dentes;

- Prejudica a higiene oral;

- Pode criar infecção depois da cirurgia;

- Aumenta o risco de doenças orais. Os fumadores têm 7 vezes mais probabilidade de desenvolver cancro oral;

- Duplica o risco de fracasso de implantes dentários, sendo em muitos casos uma contra-indicação;

- Aumenta a perda de osso alveolar, podendo diminuir resultados de enxerto ósseo.

 

O Tabaco e a Cirurgia Plástica

- Dificuldade na cicatrização;

- Aumento da probabilidade de surgirem cicatrizes hipertróficas (grossas e dolorosas);

- 3 vezes mais probabilidade de apresentar necrose da pele;

- Aumenta o tempo de edema (inchaço), pois a nicotina retarda a drenagem linfática;

- Maior risco de infecções;

- Maior risco de intercorrências referentes à anestesia;

- Maior risco de trombose venosa;

- Retarda o processo de recuperação no pós-operatório, atrasando o resultado.

 

O Tabaco e a Pele 

- Sabia que o tabagismo é mais responsável por alterações na pele do que o excesso de sol? Estudos mostram que as fibras elásticas da pele dos pacientes fumadores são afectadas em 100%. A nicotina destrói as fibras de colageno e elatina, favorecendo a flacidez e consequentemente levando ao envelhecimento precoce.

- A pele da face de um fumador tem aparência acinzentada, com rugas, vincos, linhas nos cantos dos olhos, à volta dos lábios, numerosas linhas superficiais nas bochechas e região mandibular, proeminência óssea, aprofundamento das bochechas e atrofia da pele. Esta aparência é causada tanto pelo efeito do fumo em si como do efeito do acto de fumar.

- O cigarro diminui a irrigação sanguínea da pele, prejudicando a sua oxigenação. Como consequência, as fibras de sustentação deterioram-se causando rugas profundas e aparência envelhecida da pele.

- O fumo também está associado ao aparecimento de celulite pela sua influência na circulação sanguínea e excesso de toxinas que acabam por propiciar a formação de depósitos de gordura e consequentemente o temível efeito “casca de laranja”.

- O fumo seca os cabelos, deixando-os sem brilho.

Se decidir parar de fumar deve saber que a melhoria da sua pele não será imediata e que os tratamentos dermatológicos o irão ajudar a melhorar o seu aspecto.

 

Criámos o programa mais completo para o ajudar a deixar de fumar.

 

Programa Completo  Múltiplas Abordagens

Juntámos abordagens comprovadas como eficazes para deixar de fumar.

Sessões individuais (12 sessões) - Contexto de aprendizagem de estratégias, partilha de experiencias e procura de soluções.

Biofeedback e Neurofeedback - 7 sessões individuais, para avaliar o nível de tensão perigosamente reactiva e alterar o estado fisiológico interno que leva ao consumo, eliminando ou reduzindo a vontade e o impulso para fumar.

Nutricionista (3 sessões) - Para que não corra o risco de aumentar em peso o que diminuir em cigarros consumidos. Ajudará a conhecer alguns alimentos calmantes e que ajudam na cessação.

 

Vantagens do Programa Respirando

- Ao longo de 6 meses poderá aprender um conjunto de estratégias que o ajudarão a deixar de fumar. Pode treinar técnicas de relaxamento que lhe irão ser muito úteis sempre que surgir o impulso para fumar, técnicas de motivação, aprender a monitorizar as suas reacções e consumos e criar alternativas viáveis ao hábito.

- Apoio de recaídas durante 4 meses – Estudos indicam que quem deixa de fumar faz entre 4 a 7 tentativas antes de o conseguir. Isto significa que as recaídas têm que ser prevenidas. Durante estes 4 meses vamos apoia-lo nas dificuldades e ajudá-lo a rapidamente inverter eventuais deslizes.