Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linha White

Cárie precoce da infância

Resultado de imagem para carie de biberao

https://www.fotosantesedepois.com/o-que-causa-carie-dentaria/

 

 

A cárie dentária é uma doença crónica, infeciosa e transmissível muito prevalente em crianças. A cárie precoce da infância (CPI) vulgarmente designada por “cárie do biberão”, “cárie da amamentação” e “cárie rampante” é um tipo de cárie dentária que pode aparecer antes dos 6 anos.

Resulta da adesão de bactérias à superfície dentária que metabolizam os açúcares ingeridos para produção de ácidos, os quais ao longo do tempo levam à desmineralização da superfície dentária. É uma cárie aguda, agressiva e de evolução rápida que provoca sensibilidade (dor), chegando a causar a destruição e a perda precoce dos dentes num curto espaço de tempo.

 

Entre os principais factores, devemos destacar :

 

-Líquidos fermentáveis (dieta cariogénica) ingeridos várias vezes ao dia, entre as refeições principais e durante a noite.

-Ausência de higiene oral adequada

-Permanência por tempo prolongado de líquidos fermentáveis na boca da criança.

 

No período noturno o número e a frequência das deglutições diminuem, assim como o fluxo salivar, reduzindo também a proteção natural e limpeza que ela exerce sobre os dentes. A associação desses elementos mais o tempo longo em que a criança permanece a dormir, e o contacto prolongado dos açucares com a dentição decídua são suficientes para o enfraquecimento das superfícies dentárias.

 

Os primeiros dentes a serem afectados são os incisivos superiores decíduos, logo após a sua erupção, que ocorre geralmente entre os 12 e os 24 meses de vida.

Logo após a erupção do dente de leite, o esmalte apresenta superfícies que se encontram ainda nos estádios finais de calcificação, mineralização e incorporação de flúor. Esta hipomaturação temporária do esmalte dentário torna o dente mais susceptível à cárie imediatamente após a sua erupção.

Clinicamente, esse tipo de cárie inicia-se com manchas esbranquiçadas que, mais tarde, podem vir a formar grandes cavidades, podendo até destruir a coroa clínica.

 

Em estágios avançados, devido à falta de um diagnóstico precoce, poderão ocorrer graves disfunções a nível da mastigação, fonação, respiração e articulação, prejudicando assim o crescimento e desenvolvimento normal da criança. Para além das complicações anteriormente descritas, as crianças com CPI apresentam em adulto uma maior propensão para o desenvolvimento de cáries e de patologias do desenvolvimento dentário.