Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linha White

Higiene das próteses

As próteses dentárias são feitas de materiais sintéticos, como o acrílico ou a cerâmica, logo, a higiene que fazemos aos dentes naturais não é suficiente para este tipo de materiais.

Para os dentes naturais são recomendadas escovas de cerdas macias, com uma pasta de dentes com um aporte de flúor capaz de remineralizar os tecidos dentários e proteger contra a acumulação de placa bacteriana.

Os materiais que constituem as próteses têm maior dificuldade em aderir placa bacteriana, no entanto, para que a sua higiene seja eficiente devem ser usadas escovas próprias, que têm uma cabeça mais fina para as zonas de maior dificuldade de acesso, e uma zona mais longa, para a zona dos dentes. Se optar por uma escova comum, estas devem ser duras, e não médias /macias como para os dentes naturais.

O sabão azul e branco é um excelente produto que pode usar para higienizar a sua prótese, mas apenas se esta for removível. Se a prótese for fixa, opte sempre por usar pasta de dentes comum.

Para fazer a desinfeção semanal da sua prótese, pode usar pastilhas efervescentes existentes no mercado e colocar num copo com água, juntamente com a sua prótese removível. Estas pastilhas, ao libertarem bolhas de gás ajudam na remoção mecânica dos depósitos acumulados na prótese.

Mas existem produtos caseiros igualmente bons para fazer esta rotina semanal, como a líxivia. A líxivia é um bom desinfetante, e apenas deve ser usado nas próteses removíveis, numa proporção de 1:10, sendo a líxivia em menor quantidade. Atenção que esta rotina pode descolorar as próteses, sendo recomendado alternar com outro meio de desinfeção.

O vinagre é igualmente uma boa opção, também na proporção 1:10.

Estes hábitos são importantes para a manutenção da sua próteses, mas não dispensa a ida a um médico dentista com regularidade, para avaliar a adaptação da prótese e a saúde dos tecidos circundantes.

 

A Equipa White