Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linha White

Fobia Específica

A Fobia Específica é caracterizada pela presença de medo acentuado e persistente que é excessivo ou irracional, desencadeado pela presença ou antecipação de um objeto ou situação específica. A exposição ao estimulo fóbico provoca quase invariavelmente uma resposta ansiosa imediata. A pessoa reconhece que o medo é excessivo, no entanto não tem controlo sobre suas reações. As situações fóbicas são evitadas com intensa ansiedade e mal-estar, interferindo significativamente na rotina diária, funcionamento ocupacional, relacionamentos interpessoais e atividades sociais da pessoa. O evitamento fóbico é a consequência mais complicada devido ao impacto que tem na vida da pessoa e limitação da sua liberdade individual.

Os primeiros sintomas de Fobia Específica ocorrem habitualmente na infância ou no início da adolescência, podendo, porém, ocorrer mais cedo nas mulheres do que nos homens. Os fatores predisponentes para o desencadeamento da fobia incluem, regra geral, acontecimentos traumáticos que tendem a ter um desenvolvimento particularmente agudo.

 

Catarina de Castro Lopes

Directora Clinica de Psicologia