Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linha White

Retratamento endodôntico ou Extracção

Boa noite, tenho algumas duvidas em relaçao a um dente inferior no maxilar esquerdo, começo por contar que desde pequeno que tenho um trauma grande em relaçao a dentistas e isto porque quando tinha 7 anos trataram-me um dente com cárie sem anestesia podem imaginar o resultado e o trauma com que fiquei. voltando a questao fulcral este meu dente desde que ficou doente e ao fim de ter corrido alguns dentistas os quais nunca me resolveram o problema, aqui confesso que por minha culpa pois ao mais pequeno toque bruto eu levantava-me da cadeira e vinha-me embora, até que conheci o meu dentista actual tenho-o em muito boa conta pois alem de achar que é um bom profissional tem aquilo que eu acho que faz falta á maioria dos tentistas deste pais que é a paçiência para com o doente. em resumo  o problema que me atormenta é que ao fim de 6 anos altura em que desvitalizei este dente agora começou a doer-me com dores muito fortes e insuportaveis nao revela qualquer patologia obsessica mas nem sequer consigo fechar a boca por completo pois nada pode tocar neste meu dente as dores sao de ir a locura. após ter contactado o meu dentista ele receitou-me antibiótico e anti inflamatório mas desde sempre me foi avisando para eu me mentalizar que quando este dente começar a doer era para ser arrancado e aqui começa a minha duvida tenho falado com alguns amigos e quase todos me dizem que se o dente for novamente aberto e limpo nao é preciso ser arrancado o que hei-de fazer? 

agradeço desde ja a vossa resposta e fico muito grato pela vossa atençao quero apenas dizer que tenho 45 anos e no próximo dia 30 tenho a marcaçao feita para estrair o dito dente.muito obrigado.
Olá António,

Em relação ao seu problema, por vezes, algum tempo após as desvitalizações os dentes começam a desenvolver pequenos quistos junto à porção final da raiz (apex radicular). Estes quistos podem ser eliminados de várias maneiras, umas menos invasivas e outras mais invasivas, isto é,  em certos casos, o retratamento endodôntico (é o que se referiu sobre abrir e limpar novamente o dente) é eficaz e consegue-se salvar o dente. Noutros casos consegue-se fazer o retratamento, mas ele por si só não consegue remover totalmente a lesão e é necessário efectuar-se uma pequena cirurgia, denominada por apicectomia, em que se faz um acesso no final da raiz e se remove a lesão desta forma. Muitas vezes o tamanho do quisto é tão grande que não é possível fazer-se estes tratamentos e a única coisa a fazer-se é extrair o dente.
Se me diz que tem confiança no seu dentista e lhe parece um bom profissional, penso que deve confiar na palavra dele, ele melhor que ninguém conhece o seu caso e irá fazer o que for melhor para si.
Esperando ter sido útil, 
Cumprimentos, 
Equipa da Clínica Dentária da Lapa.