Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linha White

Periodontite/ Reabilitação Oral

Caros Drs.,

Chamo-me Nuno Costa, tenho 35 anos e sofro de periodontite. Facto que me traz alguns problemas, uma vez que uso placa superior, ou seja, não tenho os dentes da frente, e penso constantemente que a mesma se pode partir a qualquer momento. Gostaria de saber qual a melhor solução, uma vez que tenho tido orçamentos muito dispendiosos para as soluções apresentadas.

Com os melhores cumprimentos,

Nuno Costa

 

  

Higiene Oral: qual a frequência?

 

A sabedoria "popular" diz que se deve ir ao Médico Dentista ou Higienista Oral todos os anos. Mas será isso suficiente? Em alguns casos não é de todo suficiente...

 

Cada caso é um caso, e cada um tem necessidades específicas. Se para alguns pacientes a ida semestral a uma clínica dentária é suficiente, noutros casos a frequência deve ser muito maior:

 

Doentes fumadores

Doentes com muitos tratamentos dentários (próteses, implantes, coroas, restaurações, etc)

Doentes periodontais (com a famosa "piorreia", e tendência para inflamação das gengivas)

Doentes em tratamento ortodôntico (que estão a usar aparelho de correcção dentária)

 

E sempre que exista uma tendência acrescida para problemas dentários / gengivais, como em pacientes com higiene oral precária, com dificuldades motoras, doentes grávidas, etc.

 

Assim, siga os conselhos da sua Higienista Oral ou do seu Médico Dentista, e cumpra o planeamento de consultas que lhe fôr efectuado. Com um investimento correcto em manutenções, os seus tratamentos irão durar muito mais tempo, e a sua boca manter-se-á saudável por muito mais tempo.

 

O que é a Endodontia?

A Endodontia é a área da Medicina Dentária que se dedica à eliminação da totalidade do conteúdo pulpar do dente.

A polpa dentária é o tecido mais interno do dente, no qual estão inseridos o sistema nervoso e vascular que lhe conferem a sua vitalidade.

Em situações de cáries profundas ou traumatismos dentários, pode haver uma afectação da polpa. Como resposta a esta agressão a polpa defende-se criando uma inflamação (derivada do aumento do aporte sanguíneo para acção do sistema imunitário), que não tem por onde expandir, uma vez que, o dente é uma estrutura dura. Com isto cria-se a tão conhecida dor de dentes, que é uma dor muito forte, pulsátil e em que a única maneira de aliviar é procedendo com o tratamento endodôntico.

Com este tratamento conseguimos erradicar a dor pela diminuição da pressão e da inflamação, assim como, pela eliminação do agente infeccioso.

Para garantir o sucesso do tratamento temos que eliminar a totalidade da polpa existente tanto a nível da coroa do dente como também da(s) sua(s) raíz(es), ou seja, temos que promover a limpeza e conformação do sistema de canais radiculares que o constituem. Para este efeito temos que realizar primariamente um alargamento mecânico desses canais (com instrumentos próprios denominados por limas endodônticas para que seja possível utilizar de seguida irrigantes com poder desinfectante, conseguindo-se uma completa preparação. Depois de concluído este procedimento e sendo que, os dentes não podem ficar ocos, são preenchidos com uma borracha biocompatível (gutta-percha) que substitui a polpa e que previne futuras infecções.

Caso não se proceda com este tratamento, o dente apesar de deixar de doer, por falência (necrose) do complexo pulpar continua em situação de infecção, tornando-se num processo crónico com proliferação bacteriana que destruirá o osso subjacente até que no final se estabeleça um abcesso.

 

 

Dr. Carlos Morais

 

(Responsável pelo departamento de Endodontia da White)

Dr. WHITE - SIC

Dr. White – o caminho para a felicidade é um formato inovador e arrojado que vai mudar mentalidades.

 

O apresentador e anfitrião Miguel Stanley, juntamente com a sua equipa, irá revolucionar o conceito de total make over, realizando o sonho de muitos portugueses que já haviam perdido a esperança. Contrariamente a formatos análogos que já foram exibidos em Portugal  e noutros países o objectivo principal não é o de transformar pessoas doentes em modelos fotográficos, obrigando-os a passar por todo o tipo de privações.

O que se pretende é reeducar os portugueses, ensinando-os a adquirir hábitos de vida saudáveis e duradouros e a olhar para os profissionais de saúde com respeito e confiança. No programa os candidatos aprenderão a importância de uma alimentação equilibrada, do exercício físico, da higiene oral, dos cuidados a ter com a pele, com a visão… e até com a forma como se vestem.

A palavra de ordem é MUDAR. Mudar para melhor. Para Dr.White não há impossíveis.

Atento e dinâmico, unirá esforços com a sua equipa para resolver os problemas apresentados pelos candidatos, por mais complexos que estes sejam, dando-lhes ferramentas e um novo incentivo para se tornarem pessoas saudáveis e felizes. Sempre numa perspectiva realista.  

 

Saiba mais acerca do trabalho da nossa equipa multidisciplinar todos os sábados às 21h45 na SIC, com o programa Dr. WHITE. Também disponível na SIC Mulher e SIC Internacional.

 

Poderá rever os programas no site www.sic.pt, e também em www.youtube.com/whitelifedesign

A importância de uma boa limpeza de pele

O rosto é uma das grandes preocupações estéticas de quase todos nós e, ao contrário do que se pensa, não só das mulheres mas também dos homens. A aparência da pele de quase todo o corpo mas em especial do rosto, uma vez que é a mais visível e o primeiro impacto que têm a nosso respeito, vai sofrendo alterações ao longo dos anos. Factores como as alterações hormonais, a alimentação, o stress ou o excesso de exposição solar, entre outros, são os grandes responsáveis pela perda de várias qualidades como a elasticidade, a hidratação, a tonicidade e a iluminação da pele, daí que, a certa altura das nossas vidas, tenhamos tendência ao aparecimento de telangiectasias, rugas, manchas, a ficar com a pele mais sensível e até amarelada.

É certo que as alterações cutâneas não são as mesmas para todas as pessoas e que, obviamente, não ocorrem numa faixa etária específica, apesar de, por exemplo, os problemas acneicos estarem mais associados a um período como a adolescência ou puberdade, as manchas nas mulheres a um período pós gravidez, entre outros. O rosto é o espelho de nós próprios, dos nossos hábitos, enfim, da forma como vivemos e cuidamos da nossa saúde.

Conhecer o seu tipo de pele é muito importante para que lhe seja indicado o tratamento adequado, mas há cuidados básicos que devem ser respeitados para manter um aspecto jovem e saudável. Há vários tipos de pele, mas dentro de cada um deles não se pode pensar que todos os produtos, hábitos e procedimentos terão o mesmo resultado em todas as pessoas com esse tipo de pele. Infelizmente nada é linear, mas se há algo que todos devemos fazer é uma boa limpeza de pele, regularmente, quase como se de um ritual se tratasse.

Nas limpezas de pele há alguns aspectos a ter em consideração, os quais lhe podemos ensinar para o seu dia-a-dia, no entanto, no caso de aparecerem borbulhas, ponto negros ou algum tipo de inflamação no rosto, deve recorrer a especialistas de Estética. Mexer e brincar com pontos negros e borbulhas só potencia o aparecimento de manchas e inflamações, podendo ficar com marcas na zona do rosto afectada. Já dizia o velho ditado que «Mais vale prevenir do que remediar.», pois se tiver os cuidados de que já falámos e outros tantos que ainda iremos enunciar, certamente não terá de se sujeitar mais tarde a tratamentos mais abrasivos.

 

1 – Higienizar/limpar/lavar a pele com um produto adequado ao seu tipo de pele – todos os dias de manhã e à noite;

2 – Fazer uma esfoliação, removendo o produto com água – uma vez por semana;

3 – Aplicar uma loção tónica indicado para o seu tipo de pele - todos os dias de manhã e à noite;

4 - Aplicar uma máscara facial adequada ao seu tipo de pele e deixar actuar durante 15 minutos; em seguida deverá remover a máscara – uma vez por semana no mínimo, mas dependendo do tipo de pele poderá ter de ser aplicada com maior ou menor frequência;

5 - Aplicar cremes específicos caso sejam indicados e, em seguida, o creme de dia para o seu tipo de pele que no caso de este não ter filtro solar, deverá ainda aplicar um protector solar (o qual deverá usar durante o ano inteiro);

 

Para além da limpeza facial regular, a qual se aplica de manhã e à noite respeitando todos os passos anteriormente descritos, um hábito importantíssimo que as mulheres deverão adquirir e manter é a remoção da maquilhagem antes de dormir. Nesta altura, a pele está mais “suja”, devido às agressões sofridas durante o dia, visto estarmos em constante contacto com poluição, ambientes com ar condicionado, tabaco,etc.

Note que sem uma pele limpa e purificada os cremes não actuam de forma adequada.

Cuide da sua pele! Cuide de si!

 

 

 

Departamento de Medicina Estética da White

 

 

 

 

 

 

Saúde, Função, Estética em Medicina Dentária contemporânea

A sociedade actual vive de forma intensa o culto da beleza. Todos nós acabamos por sofrer na pele os efeitos dessa pressão social. Um sorriso mais branco e luminoso, uma pele mais perfeita e bronzeada ou um corpo mais tonificado, são exemplos daquilo que a maioria das pessoas procura, em busca da perfeição que se vê nas revistas, na televisão, no cinema, nos media.

 

As pessoas tornaram-se mais atentas e cuidadas no que toca à aparência, e isso acaba por se reflectir em vários aspectos do nosso dia-a-dia. A procura por tratamentos estéticos (quer em Medicina Dentária, quer em inúmeras outras áreas) tem vindo a aumentar a cada ano que passa, e não parece dar sinais de estar a abrandar.

 

Temos actualmente ao nosso dispor uma panóplia de tratamentos estéticos que permitem resolver praticamente todas as situações: aparelhos ortodônticos, branqueamentos dentários, facetas e coroas em cerâmica, resinas compostas de ultima geração, etc. Não podemos, no entanto, esquecer que existem prioridades em termos de planeamento do tratamento, e que uma boca doente jamais será boa candidata a tratamentos estéticos. Má higiene oral, problemas gengivais, dentes em falta, cáries ou desvitalizações mal executadas, poderão impossibilitar a obtenção de um sorriso estético e harmonioso.

 

Uma boca com peças em falta é, também, dificilmente estética. A estética baseia-se em vários princípios: harmonia, simetria, invisibilidade, mimetização, etc. Um ou mais dentes ausentes deitam por terra estes princípios. Um sorriso estético, deve ser, antes de mais, saudável e funcional.

 

Inverter estas prioridades, traz geralmente maus resultados. Se fizermos um paralelo, será algo como construir uma mansão fantástica em cima de um terreno de areia movediça, com pilares frágeis. A casa poderá ficar linda e confortável, mas por um tempo limitado. Assim que a força mastigatória e a biologia começarem a actuar, tudo cairá por terra, e os problemas orais irão surgir.

 

Assim sendo, considere sempre estas prioridades quando visitar o seu Médico Dentista, ou quando procurar tratamentos estéticos. Se tiver uma boca saudável e funcional, a estética acaba por vir por acréscimo, e por ser bem mais fácil de obter.

 


Por Dr. Ricardo Alho especialista em Reabilitação Oral na Clínica WHITE

Pág. 2/2