Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linha White

Repôr dentes em falta

 

Boa tarde a toda a equipa
 
        Primeiro quero agradecer e louvar este espaço tão importante para tirar dúvidas e tomar conhecimento de casos semelhantes ao nosso.
O meu caso é o seguinte:
Na adolescência e mesmo já em adulta (até aos 20 anos+/-) nunca fui muito atenta aos meus dentes. Primeiro porque em casa não havia essa "cultura" e depois por falta de dinheiro. Claro que o resultado foi catastrófico. Aos 18 anos, fiquei sem um dos dentes da frente (parece-me que na altura o dentista optou pela saída mais rápida) e sem alguns na arcada superior esquerda. Coloquei logo prótese, mas como ela era suportada por "arame" os restantes dentes da esquerda, estragaram-se.
Não sei ao certo desde quando,  mas a verdade é que há alguns anos que fiquei sem os 5 dentes posteriores da arcada superior esquerda. Uso prótese removível desde essa altura, tendo ao longo do tempo indo substituído ou porque se partem ou porque em termos estéticos vão perdendo qualidade.
      Acontece que de há uns anos para cá, quando se começou a ouvir falar em implantes que me tenho tentado informar de como poderiam ser bons para mim.
Cheguei a fazer uma TAC ao maxilar superior para saber se tenho osso para o implante. O resultado desanimou-me imenso, muito embora já esperasse o resultado. Não tenho massa óssea suficiente o que, segundo me foi dito, equivale a fazer enxerto ósseo.
Fiquei super assustada e, sinceramente, o "médico" que me deu esta informação não se preocupou muito com o meu receio, pois ficou, na altura, de observar a TAC e dizer-me quando poderia marcar uma consulta para avaliarmos as hipóteses e nunca mais teve tempo para me atender.
      Resultado, fui esquecendo e deixando passar o tempo, mas a verdade é que não me sinto, nunca me senti e creio nunca me sentirei confortável com o facto de não ter o dente da frente fixo e de a qualquer momento a prótese parti (como já aconteceu) e eu ficar envergonhadíssima.
      Sei que por email não fazem "avaliações", mas gostaria de ouvir a opinião de outros especialistas sem ter de despender imenso dinheiro em consultas de consultório em consultório. Além disso a V equipa tem provas dadas que realizam excelentes trabalhos.
     Caso vejam que só numa consulta se consegue avaliar e ver as hipóteses, gostaria que me indicassem como o posso fazer.
 
Muito grata pela atenção dispensada
 
 
Olá Margarida,

Infelizmente o caso que nos comenta é mais comum do que aquilo que se pode pensar. Existe muita gete que perdeu parte da dentição muito cedo, uma vez que, há uns anos atrás não existia a tecnologia nem os recursos que existem hoje.
Felizmente as inovações que surgiram não foram só no campo da manutenção e preservação, como sobretudo na aréa de substituição e reabilitação dentária.
Dentro das inovações da reabilitação, surgiram os implantes dentários com excelentes taxas de sucesso e que felizmente cada vez mais, se podem aplicar a um maior número de casos. Uma vez que, os implantes têm a sua retenção no osso é essencial avaliar a qualidade e quantidade do seu osso. Em casos em que o osso não é suficiente pode recorrer-se a enxertos ósseos, que ao contrário do que possa pensar não são nada dolorosos sendo cada vez menos invasivos e  tendo cada vez mais melhores resultados.
On enxertos e reabilitação com implantes variam muito de acordo com cada situação, mas de acordo com a decisão tomada, terá toda a informação necessária sobre todos os procedimentos e materiais que serão utilizados. 
Estas avaliações só podem ser efectuadas mediante observação clínica e estudo radiográfico. Como já tem essas radiografias é só mesmo uma questão de visitar um especialista, não perder a coragem e prosseguir com o tratamento.
Não desanime, não são tratamentos dolorosos e vai ver que vale muito a pena, não só a níveis estéticos, como principalmente a níveis funcionais e de saúde.

Melhores cumprimentos,

Equipa White - Clínica Dentária da Lapa