Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linha White

Agenésia

Gostaria de ser esclarecido sobre a agenesia de incisivos lateriais superiores.
 
Tenho 35 anos e tenho agenesia do incisivo lateral superior esquerdo e não tenho falhas entre os dentes. Adianto ainda que o incisivo lateral direito apresenta um tamanho menor do que os restantes dentes e uma forma imperfeita.
Desconheço se aquando da dentição de leite também não possuía este mesmo dente e não conheço casos na minha família mais próxima que sofram desta mesma patologia.
 
Quando os meus pais se aperceberam da falta de dente (por volta dos meus 7 anos) fui submetido a uma radiografia e não me foi detectada nenhuma raiz deste dente.
 
Sei que a agenesia é uma patologia genética e penso ser hereditária.
 
Acontece que tenho uma bebé com 2 anos e 4 meses e o último dente que lhe apareceu foi o incisivo lateral esquerdo (há cerca de 2 meses), mas ainda não lhe apareceu o incisivo lateral direito.
Ela possui espaço para o dente nascer, mas não se nota nenhum dente a surgir.
 
Coloco-vos a questão: sendo a agenesia genética, é vulgar ou mesmo possível que a falta de um dente num dos progenitores se transmita aos decendentes num outro dente?
 
Que cuidados me aconteçam para minorar esta situação e posteriormente fazer uma correcção.
 
Grato pela preocupação.
 
Um pai dedicado.
 
 
 
Olá Carlos,

Obrigado pela sua mensagem.

A agenésia é uma anómalia dentária em que o gérmen de um ou mais dentes decíduos/definitivos estão ausentes. Normalmente quando há agenésia de um incisivo lateral, o contralateral  muitas vezes é um microdente (dente mais pequeno que o normal), como se pode verificar no seu caso. Existem estudos que afirmam que esta anómalia pode ser hererditária e que em parentes directos esse risco é 15 vezes maior do que na população em geral.

Como o incisivo lateral esquerdo da sua filha erupcionou há apenas 2 meses é possivel que o contralateral ainda erupcione. Casos de agenésia de dentes decíduos são muito raros. De qualquer forma a melhor maneira de dissipar essa dúvida é consultar um odontopediatra que através de uma radiografia verificará se o dente está de facto ausente ou não.
 
Esperando ter sido útil,
Cumprimentos,
Equipa White - Clínica Dentária da Lapa.
 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.