Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linha White

O que é a Endodontia?

Endodontia:

 

Área da Medicina dentária que se dedica à eliminação da totalidade do conteúdo pulpar do dente e que é comummente denominada por desvitalização.

 

A polpa dentária é o tecido mais interno do dente, no qual estão inseridos o sistema nervoso e vascular que lhe conferem a sua vitalidade.

Em situações de cáries profundas ou traumatismos dentários, pode haver uma afectação da polpa. Como resposta a esta agressão a polpa defende-se criando uma inflamação (derivada do aumento do aporte sanguíneo para acção do sistema imunitário), que não tem por onde expandir, uma vez que, o dente é uma estrutura dura. Com isto cria-se a tão conhecida dor de dentes, que é uma dor muito forte, pulsátil e em que a única maneira de  a aliviar é procedendo com o tratamento endodóntico.

 

Com este tratamento conseguimos irradicar a dor pela diminuição da pressão na inflamação, assim como, pela eliminação do agente infeccioso.

Para garantir o sucesso do tratamento temos que eliminar a totalidade de polpa existente tanto a nível da coroa dos dentes como também das suas raízes em canais muito estreitos de difícil acesso (canais radiculares). Para este efeito trabalhamos o interior do dente para que seja possível utilizar irrigantes com poder desinfectante, conseguindo-se uma completa limpeza e conformação dos canais radiculares. Depois de concluído este procedimento e sendo que, os dentes não podem ficar ocos, são preenchidos com uma borracha biocompatível que substitui a polpa e que previne futuras infecções.

 

Caso não se proceda com este tratamento, o dente apesar de deixar de doer, por falência (necrose) do complexo pulpar, continua em situação de infecção crónica por proliferação bacteriana que destruirá o osso subjacente até que no final se estabeleça um abcesso.

Quanto mais avançada estiver a patologia pior o prognóstico do tratamento.

 

  Exemplo de um tratamento endodôntico: Molar inferior com restauração antiga desadaptada e a provocar dores fortes.

 

Radiografía inicial:

 

     

                                                                                     

 

 

 

 

  Resultado final:

 

                                                                                         

  Dente com os canais radiculares completamente preenchidos e reabilitado com coroa para garantir a durabilidade estética e função de todo o tratamento 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.