Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linha White

Abcesso dentário

Boa tarde,

 

Há cerca de 6 meses apareceu-me um abcesso junto à raiz de um dente que inchou bastante, em que inclusive, se notava o inchaço da cara.

Como a minha cara estava bastante inchada, tinha dores fortes e febre, fui ao Hospital e lá disseram que deveria ir a um Médico Dentista, receitando-me um medicamento para diminuir o inchaço.

No outro dia fui ao meu Médico Dentista e ele apenas me receitou mais uns medicamentos, pois disse que não podia fazer nada, nem mexer, uma vez que estava bastante inchado. Fiquei cerca de um mês a tomar medicamentos e só depois é que o abcesso foi diminuindo. Porém, nunca na totalidade.
No Sábado passado dia 9 o abcesso começou novamente a inchar bastante e dirigi-me novamente ao meu médico dentista, receitou-me AMPLAMOX e IBUPROFENO, porém o abcesso continuou a inchar ainda mais e como consequência tenho por vezes febre e dores de ouvidos. Desde Sábado que a minha cara tem inchado bastante e durante a noite é uma das alturas em que as dores e algum desconforto são maiores. Fui novamente ao meu Médico dentista mostrar-lhe o abcesso e
ele fez-me um Raio X, disse-me que suspeitava ser uma infecção numa raiz de um dente, abriu-me o dente para tentar resolver de alguma maneira, para drenar, e receitou-me DALACIN para tomar em conjunto com os outros que tinha receitado anteriormente. O que é certo é que cada vez o abcesso está mais inchado, por vezes tenho febre e algumas dores que nem com os medicamentos passam. Já não sei o que fazer mais sinceramente, vou ao Hospital mandam-me para o Dentista, vou ao Dentista não obtenho resultados, só tem vindo a piorar.
Não sei se isto é normal, se acaba por passar durante algum tempo.

Obrigada pela atenção!

 

Cumprimentos,

 

Bom dia,

A situação que nos descreve de abcesso é o resultado de uma infecção crónica que agudizou provocando dores e  formando o inchaço. A causa destas situações está normalmente associada ao interior do dente, ou seja, quando existe uma carie profunda ou até uma restauração extensa, o dente pode perder a sua vitalidade, necrosando e com isto inicia-se uma proliferação bacteriana que com o tempo acaba por invadir as raízes dos dentes e posteriormente os tecidos circundantes onde se acaba por formar o abcesso.
A pauta terapêutica a seguir é a prescrição de antibiótico para diminuir o inchaço, mas o tratamento tem que passar por eliminar o factor etiologico, que são as bactérias que estão no interior do dente. Para isso é necessário "abrir o dente" e proceder com o tratamento endodôntico (desvitalização), de forma a conseguir desinfectar e selar o interior do dente para prevenir futuras infecções.
Uma vez que no seu caso, a infecção tem sido persistdente e já está com uma dose forte de antibióticos, o ideal será fazer drenagem em consultório para diminuir a pressão e eliminat ao máximo a carga bacteriana.

As suas melhoras,

Melhores cumprimentos,

Equipa White   


 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.