Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linha White

Odontopediatria/ Erupção dentária e a 1ª Consulta no dentista.

 

 

 

O meu filho tem 5 anos e já lhe nasceu um dente definitivo. O dente de leite ainda não caiu, apesar do outro já estar bem grande. Recentemente o dente de leite que abana imenso, mas não cai, começou a ficar escuro e a doer-lhe e a gengiva a ficar um bocadinho inchada  e vermelha, não deixando ele lá mexer. Será que devo consultar um dentista para lhe arrancar o dente de leite? Ou devo esperar mais um tempo não me preocupando com a cor do dente velho? Será isto tudo normal? Com que idade deverá ir pela primeira vez ao dentista?

IVONE DUARTE

 

Normalmente o dentes decíduos ou dentes “de leite” caem por si só quando os definitivos estão formados e prontos a erupcionar (nascer). No entanto, em certos casos, esses dentes decíduos acabam por ir persistindo, para além do tempo devido, na arcada dentária podendo provocar problemas de erupção nos dentes definitivos. O dente “de leite” a que se refere, devido à mobilidade que já apresenta pode estar a provocar inflamação da gengiva, pelo que a aconselho-a a dirigir-se com o seu filho a um médico-dentista para que este possa diagnosticar o seu caso e, proceder a extracção do dente decíduo para permitir a correcta erupção do dente definitivo.

Muitas vezes, a 1ª consulta é recomendada antes que uma criança tenha algum problema dentário, de modo a fazer uma avaliação do estado dos dentes, da sua cronologia de erupção e detectar precocemente algum problema oral. Normalmente, é aconselhada após a erupção do último dente de leite, ou seja, a partir dos 24 meses (período em que se dá a erupção do 2º molar de leite). Assim, se a 1ª consulta for de rastreio e não for por necessidade existe a possibilidade da criança se habituar ao ambiente de um consultório dentário e recordar a sua ida ao dentista como uma boa experiência.