Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linha White

Contenção após tratamento ortodôntico

 

Boa Tarde Sr. Doutor,

O meu nome é Isabel e usei aparelho fixo em baixo e em cima durante 3 anos para corrigir os dois dentes da frente e um ligeiro afastamento nos dentes de baixo. Quando a minha dentista me tirou o aparelho tudo parecia bem...os dentes estavam de facto muito bonitos e certinhos... A Médica deu-me um aparelho de silicone para os dentes de cima, para colocar de noite e para dormir com ele...e nos dentes de baixo colocou-me uma espécie de ferro interior que ainda hoje tenho...acontece que passados 3 meses os dentes de cima voltaram a "entortar" e estão quase como quando iniciei o tratamento...não teria sido mais lógico a medica ter-me colocado também em cima o tal aparelho interior que tenho nos dentes de baixo? Porque esses dentes estão certinhos apenas os de cima estão de dia para dia a ficar mais tortos... quando contactei a medica sobre o sucedido ela disse-me para passar no consultório e que tinha que colocar novos brackets para os corrigir...mas que tinha que os pagar...a questão aqui é: isto não foi um erro da médica? Terei mesmo de suportar novas despesas para corrigir algo em que investi 3000.00€? Até que ponto terei que pagar um novo tratamento se o erro não foi meu?
Já pensei em ir a outro dentista aconselhar-me com novo tratamento ou talvez usar um aparelho móvel para corrigir apenas os dois dentes da frente, mas não sei se será a melhor solução...

Agradeço toda a atenção dispensada à minha pergunta.

Obrigada.

 

 


   Cara Isabel,
 

  A posição dos nossos dentes é condicionada por vários factores, nomeadamente a carga genética, as forças musculares exercidas pelos músculos da face e pela língua, os hábitos parafuncionais (como por exemplo chuchar no dedo) entre outros. Ao terminarmos com sucesso um tratamento ortodôntico, conseguiremos um bom alinhamento e nivelamento dentário, bem como uma boa oclusão, ou seja, uma relação favorável entre as arcadas dentárias. No entanto, após a remoção do aparelho fixo, é de extrema importância que se cumpra um período de contenção, pois existe o risco de recidiva (tendência de retorno dos dentes às posições iniciais após a movimentação ortodôntica), muito pelo que foi referido anteriormente. O tempo de permanência da contenção ortodôntica está relacionado com o grau de severidade do caso, e o tipo de má-oclusão existente no início do tratamento. Em grandes apinhamentos, rotações ou diastemas será necessário um longo período de contenção, e esta ideia deve ser sempre reforçada pelo Ortodontista.

   No que diz respeito ao tipo de contenção ortodôntica a utilizar, existem diversos aparelhos, fixos e removíveis, cada qual com suas indicações. Na grande maioria dos casos, os especialistas optam por colocar uma contenção fixa inferior, de canino a canino. Na arcada superior, é normalmente preferível uma contenção removível (Essex, Placa de Hawley, entre outras). Isto porque uma contenção fixa superior iria, na maioria dos casos, interferir com a oclusão.
 
                                      Fig.1: Placa de Hawley
 
  Apesar de caber ao Ortodontista informar e acompanhar o paciente, é da responsabilidade deste usar a contenção, tal como lhe foi indicado pelo Médico.
 Ao usar um aparelho de contenção bem adaptado, não deverá haver recidiva. Nos primeiros meses, e mais uma vez de acordo com a severidade do problema inicial, a contenção deverá ser usada durante todo o dia, passando depois apenas para o período nocturno. Qualquer alteração, ou dificuldade em colocar o aparelho de contenção deve ser de imediato referida ao Ortodontista.
 
 Existem hoje em dia aparelhos removíveis transparentes, muito estéticos e confortáveis, que podem resolver alguns problemas ortodônticos mais simples. No entanto, deverá ser observada por um Ortodontista, para que este a possa aconselhar sobre qual a melhor solução para o seu caso.
 
 Obrigada pela sua questão.