Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linha White

CIRURGIA PLÁSTICA – Deixe cair de vez A MÁSCARA e assuma uma nova Vida!

A palavra mote – máscaras - é teatral e tem muito de carnavalesco, mas muitas vezes serve apenas para se esconder de algo que a persegue durante anos. Seja por falta de coragem, meios ou apenas por se ter conformado com as alterações no seu corpo, ninguém merece esconder-se atrás de uma máscara e fingir que está tudo bem.

Este mês dedicamos algumas palavras a quem já passou por algo tão difícil como uma mastectomia, parcial ou total, pois queremos ajudar a perceber que a reconstrução mamária é realizada para restaurar a mama que foi removida devido a cancro ou outras doenças, pois merece o melhor. Apesar de a decisão ser sua e apenas sua, este tipo de cirurgia é recomendada sob vários aspectos, principalmente do que diz respeito ao reequilíbrio psicológico da mulher que está a vivenciar uma experiência tão traumática como esta.

Após a mastectomia procede-se à reconstrução mamária, cujos procedimentos podem ser efectuados numa só intervenção cirúrgica, passando numa fase posterior à reconstrução do mamilo e da aréola propriamente dita. Enumerando algumas das técnicas de reconstrução mamária utilizadas em mulheres mastectomizadas, como Tram, Expansores e Proteses, ou LD – latissimus dorsi, a Microcirurgia (Diep e Tdap) é a técnica mais utilizada em todo o mundo e a que apresenta melhores resultados.

Correndo o risco de ser um assunto demasiado sensível às leitoras e até algo confuso pela informação que aqui lhe damos, a nossa intenção é ajudá-la a perceber que pode e deve assumir a sua forma e condição de mulher. Não se esconda. Reassuma a sua forma feminina, deixe cair a máscara e assuma uma nova Vida!

 

Tiago Baptista Fernandes

Cirurgião Plástico

Director Clinico de Medicina e Cirurgia Estética

Clinica White


1 comentário

Comentar post