Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linha White

QUAL É O PESO IDEAL?

Um número que preocupa muitas pessoas é o número que nos mostra a balança. Andamos sempre preocupados com o nosso peso, em saber qual o nosso peso ideal, mas preocupamos nos pouco com o tamanho, com o perímetro da nossa cintura.

 

E qual é a importância de manter a circunferência da cintura dentro destes padrões? É um passo importante para a prevenção da hipertensão, diabetes tipo II e doenças cardiovasculares. Porque o peso e o índice de massa corporal (IMC), embora sejam fatores importantes a ter em conta não são suficientes para falar na prevenção destas doenças. Verificou-se que é possível duas pessoas apresentarem o mesmo IMC, com composições e distribuições corporais distintas e, naturalmente, com diferentes riscos para a saúde.

 

A forma como a gordura corporal se distribui pelo corpo também representa um importante indicador de saúde. Assim, e de uma forma geral, os indivíduos que depositam menor gordura no tronco, nomeadamente na região abdominal, têm melhores valores de pressão arterial, açúcar no sangue e perfil lipídico.

 

De forma simplificada, os indivíduos do sexo masculino deverão procurar manter a circunferência da cintura abaixo dos 102 cm, sendo que o ideal seria um valor inferior a 94 cm. No caso das mulheres, recomenda-se um valor abaixo dos 88 cm, sendo um valor inferior a 80 cm o ideal.

 

Qual é a forma correta de medir a cintura? Para verificar o seu resultado, coloque a fita métrica em torno do abdómen, paralelamente ao solo, na zona mais estreita da cintura (vendo de frente). Não deve comprimir a fita demasiado e deve repetir a medição 2 vezes e usar a média dos valores obtidos.

 

Há alguns aspectos a considerar relativamente aos homens e mulheres: A gordura típica das mulheres designa-se ginóide e acumula-se sobretudo nas ancas, coxas e nádegas. Por essa razão representa menor risco para a saúde. Já a gordura típica dos homens designa-se andróide e acumula-se mais frequentemente na região abdominal, acarretando por isso um maior risco para a saúde.

 

Nas mulheres, com o aparecimento da menopausa e consequente alteração na distribuição de gordura, passa a existir uma maior acumulação de tecido adiposo no tronco. Nesta fase, as mulheres apresentam um risco para a saúde similar ao dos homens. A gordura visceral, que é a gordura depositada na região interior do abdómen, é ainda menos saudável que a restante.

 

Apesar dos melhores métodos para a sua quantificação não serem de fácil acesso para a maioria das pessoas devido aos custos que acarreta, a opção pela medição da circunferência da cintura é fiável, fácil de efetuar e extremamente barata.


 

Por: Iara Rodrigues

Nutricionista Clínica