Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linha White

Meios de higiene interdentária

Qual a importância?

Determinadas patologias como a doença periodontal, cáries, etc, aparecem por acumulação de bactérias nos espaços interproximais.

De modo a remover a placa bacteriana nos espaços interdentários (entre os dentes) e por baixo da linha gengival, onde a escova não consegue chegar, é necessário o uso de meios de higiene interdentária (estes ajudam também a combater o mau hálito e sangramento gengival).

 

Tipos:

Fio dentário

Qualquer fio dentário usado da maneira correta é eficaz. No entanto o fio dentário encerado desliza melhor entre os dentes portanto poderá ter maior facilidade no uso deste.

Pegar num pedaço de fio com cerca de 50cm de comprimento, enrolar maior parte no dedo médio de uma das mãos e o resto na outra. Segure o fio esticado entre os polegares e os dedos indicadores e faça-o deslizar suavemente para cima e para baixo entre os seus dentes. Certifique-se que vai abaixo da linha gengival. (Fig. 1)

Nunca faça um movimento repentino nem force o fio porque pode cortar ou magoar o tecido gengival que é muito delicado. Utilize secções limpas de fio dentário quando passa de um dente para outro, desenrolando de um dedo e enrolando no outro.

 

fio.jpg

Fig. 1 – Utilização do fio

 

SuperFloss

Tal como o fio, é eficaz quando usado da forma correta. É usado em pessoas com aparelhos ortodônticos, pontes ou implantes.

É composto por três partes: Uma das extremidades é rígida e permite a inserção nas pontes, aparelhos ou implantes (pode ser usada uma pinça para ajudar). A parte intermédia é esponjosa para limpar as superfícies interproximais e a outra extremidade é fio dentário normal. (Fig. 2)

floss.jpg

Fig. 2 – Utilização do superfloss

 

Escovilhões

Quando o espaço entre os dentes é maior deve utilizar o escovilhão. São exemplos de outros casos onde este é mais indicado o uso de próteses fixas, aparelho ortodôntico e nos casos onde há menos destreza para uso do fio.

Existe uma gama de escovilhões de tamanhos variados (Fig.3), deve utilizar o tamanho de escovilhão mais adequado a cada espaço interdentário – são os filamentos da escova e não o arame que devem estar em contato com os dentes.

 

 

escovilhoes.jpg

Fig. 3 – Tamanhos de escovilhões

 

Fio dentário com suporte

Uma alternativa para quem não faz o fio dentário corretamente, apesar de não ser tão eficaz, pois não alcança a mesma profundidade do fio. 

placker.jpg

 

São descartáveis e devem ser usados 1 em cada 3 dentes. Como usar: Fazer o fio deslizar suavemente para cima e para baixo (sem usar a gengiva como batente), para frente e para trás, ao longo do dente. Tem uma ponta dobrável, para que se possa orientar o vértice para o espaço entre os dentes. (Fig. 4)

placker 2.jpg                                                          Fig. 4 – Utilização dos plackers

 

Irrigadores/Jato de água

Remove de forma eficaz a placa bacteriana entre os dentes e abaixo das gengivas. Normalmente são recomendados para implantes e pessoas com aparelhos ortodônticos, no entanto podem ser usados por todos. Para além da higiene, ainda massaja e estimula a circulação das gengivas, tornando-as mais saudáveis.

Existem dois tipos, uma mais forte e maior para ficar em casa e outro mais pequeno e portátil. (Fig. 5 e 6)

Podem apresentar várias pontas, standard, especifica para placa bacteriana, ortodôntica e para higiene lingual.

 

Capturar.JPG

                    Fig. 5 - Irrigador Oral                                                                              Fig.6 - Irrigador Oral Portatil