Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linha White

A importância de uma boa limpeza de pele

O rosto é uma das grandes preocupações estéticas de quase todos nós e, ao contrário do que se pensa, não só das mulheres mas também dos homens. A aparência da pele de quase todo o corpo mas em especial do rosto, uma vez que é a mais visível e o primeiro impacto que têm a nosso respeito, vai sofrendo alterações ao longo dos anos. Factores como as alterações hormonais, a alimentação, o stress ou o excesso de exposição solar, entre outros, são os grandes responsáveis pela perda de várias qualidades como a elasticidade, a hidratação, a tonicidade e a iluminação da pele, daí que, a certa altura das nossas vidas, tenhamos tendência ao aparecimento de telangiectasias, rugas, manchas, a ficar com a pele mais sensível e até amarelada.

É certo que as alterações cutâneas não são as mesmas para todas as pessoas e que, obviamente, não ocorrem numa faixa etária específica, apesar de, por exemplo, os problemas acneicos estarem mais associados a um período como a adolescência ou puberdade, as manchas nas mulheres a um período pós gravidez, entre outros. O rosto é o espelho de nós próprios, dos nossos hábitos, enfim, da forma como vivemos e cuidamos da nossa saúde.

Conhecer o seu tipo de pele é muito importante para que lhe seja indicado o tratamento adequado, mas há cuidados básicos que devem ser respeitados para manter um aspecto jovem e saudável. Há vários tipos de pele, mas dentro de cada um deles não se pode pensar que todos os produtos, hábitos e procedimentos terão o mesmo resultado em todas as pessoas com esse tipo de pele. Infelizmente nada é linear, mas se há algo que todos devemos fazer é uma boa limpeza de pele, regularmente, quase como se de um ritual se tratasse.

Nas limpezas de pele há alguns aspectos a ter em consideração, os quais lhe podemos ensinar para o seu dia-a-dia, no entanto, no caso de aparecerem borbulhas, ponto negros ou algum tipo de inflamação no rosto, deve recorrer a especialistas de Estética. Mexer e brincar com pontos negros e borbulhas só potencia o aparecimento de manchas e inflamações, podendo ficar com marcas na zona do rosto afectada. Já dizia o velho ditado que «Mais vale prevenir do que remediar.», pois se tiver os cuidados de que já falámos e outros tantos que ainda iremos enunciar, certamente não terá de se sujeitar mais tarde a tratamentos mais abrasivos.

 

1 – Higienizar/limpar/lavar a pele com um produto adequado ao seu tipo de pele – todos os dias de manhã e à noite;

2 – Fazer uma esfoliação, removendo o produto com água – uma vez por semana;

3 – Aplicar uma loção tónica indicado para o seu tipo de pele - todos os dias de manhã e à noite;

4 - Aplicar uma máscara facial adequada ao seu tipo de pele e deixar actuar durante 15 minutos; em seguida deverá remover a máscara – uma vez por semana no mínimo, mas dependendo do tipo de pele poderá ter de ser aplicada com maior ou menor frequência;

5 - Aplicar cremes específicos caso sejam indicados e, em seguida, o creme de dia para o seu tipo de pele que no caso de este não ter filtro solar, deverá ainda aplicar um protector solar (o qual deverá usar durante o ano inteiro);

 

Para além da limpeza facial regular, a qual se aplica de manhã e à noite respeitando todos os passos anteriormente descritos, um hábito importantíssimo que as mulheres deverão adquirir e manter é a remoção da maquilhagem antes de dormir. Nesta altura, a pele está mais “suja”, devido às agressões sofridas durante o dia, visto estarmos em constante contacto com poluição, ambientes com ar condicionado, tabaco,etc.

Note que sem uma pele limpa e purificada os cremes não actuam de forma adequada.

Cuide da sua pele! Cuide de si!

 

 

 

Departamento de Medicina Estética da White

 

 

 

 

 

 

Equipa - Dermatologia

Dra. Joana Antunes

 

- Dermatologista do Serviço do Hospital de Santa Maria

- Diretora Clínica do Departamento de Dermatologia na White

- Consultora Médica de várias empresas na área da Dermatologia Clínica e Estética.
- Formadora na área da Dermatologia para médicos, enfermeiros, farmacêuticos e professores do ensino escolar;
- Palestrante em diversos Congressos Médicos Nacionais e Internacionais;
- Membro da Academia Europeia de Dermatologia e Venereologia;
- Membro da Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia;

- Licenciada em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa;

- Especialidade de Dermatologia e Venereologia pelo Hospital de Santa Maria em Lisboa.