Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linha White

Planeie as suas refeições

É importante organizar o que vai comer ao longo do dia com antecedência.

 

Abasteça-se de forma racional, escolhendo criteriosamente os alimentos.

 

Se chega tarde a casa e não tem ingredientes para fazer uma refeição equilibrada, vai mais facilmente cair na tentação de fazer uma tosta ou comer uma pizza.

 

Saiba que cozinhar não é nenhum bicho-de-sete-cabeças. É um dos pontos-chave para a aquisição de uma alimentação saudável, pois transforma produtos naturais e crus em alimentos com melhor paladar, digestibilidade e maior segurança.

 

A culinária saudável não engloba apenas cozidos e grelhados. Existem outros métodos de confeção igualmente saudáveis e capazes de tornar as refeições mais saborosas, apetecíveis e equilibradas.

 

Use a imaginação e criatividade, misture ingredientes e atreva-se a consumir refeições com muita cor, cheiros agradáveis, plenas de sabor e muito saudáveis.

 

Aceite mais um desafio e inicie-se nos prazeres e mistérios deste universo fascinante que é a culinária saudável.

 

Para variar a sua ementa, deixo-lhe a seguinte sugestão:

Sopa Fria de Melão

Ingredientes (4 Doses):

  • 1 Melão
  • 2 C. sopa de sumo de limão
  • Sal, pimenta, noz-moscada q.b.
  • ½ Chávena de chá de sumo de maçã ou de laranja

Preparação:
Descasque o melão e retire-lhe as sementes. Corte o melão em pedaços.
Num liquidificador, bata o melão, o sumo de limão, o sal a pimenta e a noz-moscada.
Se a sopa estiver muito espessa, adicione sumo de maçã para regular a consistência.
Mude a sopa para uma taça média.
Ponha no frigorífico cerca de 2 horas.
Sirva a sopa fria.

 

Acima de tudo o importante é pensar que fazer dieta, não é sinónimo de acabar com o prazer! É adquirir uma nova atitude face às suas escolhas alimentares, é variedade e qualidade em vez de quantidade, é cuidar de si, é querer e conseguir-se sentir bem com o que vê ao espelho e com o que a balança reflete.

 

Não se deixe vencer pelos pensamentos negativos! Acima de tudo aposte em si.

 

Iara Rodrigues

Directora do Departamento de Nutrição WHITE

 

PETISCAR SEM SE COMPROMETER

Dicas saudáveis para pôr em prática todos os dias

 

Geralmente, quando nos dá fome, temos a tendência de comer o que está mais à mão. Muitas das vezes, essa escolha está, no entanto, longe de ser a melhor.

 

O petisco pressupõe “pequenas doses de comida, ingeridas num ambiente descontraído e pode ser uma refeição ligeira e nutricionalmente adequada”.

 

No entanto, se não se prestar atenção ao que come irá cometer excessos. Aprenda, por isso, a evitar os erros mais comuns, seguindo os conselhos que se seguem:

 

- Faça do petisco o prato principal;

- Em casa, inclua opções como espetadas de tomate cereja, manjericão e queijo fresco, feta ou mozarella;

- Prefira petiscos ligeiros como amêijoas à bulhão pato, conquilhas ou salada de polvo;

- Não abuse do álcool;

- Sirva-se de uma só vez;

- Evite acompanhar os petiscos com pão;

- Desfrute da companhia dos amigos, converse, ria mais e coma menos;

- Não abuse dos fritos nem dos molhos;

- Antes de sair de casa para um convívio gastronómico com amigos, coma uma maçã e beba água.

 

 

Iara Rodrigues

Directora do Departamento de Nutrição WHITE

 

 

9 ALIMENTOS IMPRESCINDÍVEIS EM 2013

O que não pode faltar na sua lista de compras

 

Para elaborar as suas refeições, necessitará de muitos mais alimentos (tomate, carne magra, leite magro...), mas estes nove que se seguem são imprescindíveis do ponto de vista nutricional e fáceis de cozinhar.

Na prática, não só o ajudam a manter-se elegante como protegem a sua saúde. Não abdique deles!

Pregado

Deve fazer parte da sua lista alimentos favoritos porque é um peixe magro e, portanto, uma fonte saudável de proteínas. Sempre que possível evite os panados. Cozinhe-o na chapa, na grelha, coza-o ao vapor ou asse-o no forno. Substitua-o por garoupa ou pescada.


Papaia

Estimula a digestão, podendo ser consumida no final de refeições mais pesadas e com mais gorduras. É utilizada para reduzir a celulite. As sementes são eficazes contra a obstipação (prisão de ventre). É imunoestimulante, podendo atuar como antiviral e anticancerígeno.


Feijão-verde
Tem muita fibra e oferece um efeito saciante, devendo ser consumido cozido ou salteado com um fio de azeite, para acompanhar peixe ou carne, ou na sopa.


Frango
Sem pele, é a carne que menos engorda (como o peru e a vitela branca) e pode cozinhar-se de muitas formas, nomeadamente cozido, estufado, assado... (mas sempre sem pele). Acompanhe com salada ou legumes. Evite os molhos.


Chá
É uma bebida pobre em calorias e em sódio, que, consumida com moderação, não acarreta problemas para a saúde. Favorece a eliminação de líquidos e toxinas. Mas cuidado com os “chás para emagrecer”. Devem ser ingeridos, no máximo, durante um ou dois meses seguidos e, se possível, intercalando com água.

Beba 1 litro de água por dia e os restantes meio litro ou um litro através de chás de ervas (sem açúcar) e frutos e sumos naturais.

Aconselha-se a não exceder esta quantidade (o chá promove a diurese e, por conseguinte, pode privar o corpo de minerais valiosos) e, após a refeição, fique-se por uma chávena (porque promove a distensão gástrica).


Espinafres
Contêm cerca de 90% de água, uma quantidade importante de caroteno (provitamina A) e de vitamina C e apenas 2% de açúcares. Por isso, são pouco energéticos: 20 kcal por cada 100 g. Quanto à fama de serem ricos em ferro, convém esclarecer: «90% do ferro que contêm não é absorvido pelo nosso organismo, pois só assimilamos 10%!»

 

Por outro lado, as nossas necessidades de ferro são muito limitadas e podem ser perfeitamente asseguradas por outros alimentos.

Devem ser consumidos bem frescos, pois as suas folhas fermentam muito depressa. Coza-os em água ou a vapor. A opção em esparregado deve evitar-se caso contenha natas ou molho bechamel, o que implica um aporte adicional de gordura.


Cereais
A sua fibra ajuda a formar o bolo alimentar. Em alternativa ao pão, coma todas as manhãs, ao pequeno-almoço, uma taça de flocos de aveia, flocos de milho ou cereais de arroz tufado.


Arroz integral
É uma opção muito saudável pois tem mais fibra, mais fósforo e mais potássio que a sua versão original. Prefira-o cozido e acompanhado de vegetais.

Queijo
Fornece cálcio e é benéfico para a sua flora intestinal. Consuma-o ao pequeno-almoço ou a meio da manhã ou lanche ou ceia. Prefira queijos magros ou com menor teor de gordura.

 

 

Iara Rodrigues

Directora do Departamento de Nutrição WHITE

 

EXCESSOS ALIMENTARES NO NATAL

Natal é estar junto de familiares e amigos e passar horas em torno da... mesa!


A grande questão coloca-se: comer ou não comer? A verdade é que nem sempre é “possível” resistir, nem passar a véspera de Natal a contar calorias…

 

Com toda a informação que recebemos diariamente sobre alimentação, por vezes fica esquecido que, também, a alimentação passa pelos aspetos emocionais e sociais, pelo convívio e o estar em família à mesa, pelo dom de transmitir afetos e até opiniões.

 

Cometer alguns excessos alimentares em ocasiões especiais não representa um perigo para a saúde, desde que, não se arraste durante dias ou mesmo semanas consecutivas, comummente observado ao longo de todo o mês de dezembro.

 

Mentalize-se: engordamos de janeiro a dezembro e não de dezembro a janeiro!

 

O que se pretende recomendar é moderação nesta fase. Faça um “excesso equilibrado”, consciente e não deixe para depois o que pode já ir controlando agora... Os aumentos de peso característicos desta época, em alguns casos dramáticos, podem demorar meses a ser compensados. Posto isto, não acumule dificuldades!

 

Por isso pense e planeie antes, para não se arrepender depois!

 

Obviamente que não se pretende quebrar os rituais e os hábitos nesta época do ano, apenas existe o objectivo de alertar eventuais excessos que, tipicamente, ocorrem nesta altura do ano.

 

Neste sentido, o melhor conselho que posso dar a quem quer minimizar os excessos durante a época Natalícia é que siga as “regras” de uma alimentação saudável: completa, equilibrada, variada e moderada.

 

Caso não o faça, de todo… em Janeiro, vai sempre a tempo de entrar nos eixos! 

 

Iara Rodrigues

Directora do Departamento de Nutrição WHITE