Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linha White

BAUD - Resultados Surpreendentes

O que é o BAUD?

O BAUD (Bio Acoustical Utilization Device) é um aparelho de neurofeedback que usa o som para quebrar um determinado padrão de funcionamento do cérebro. Quando pensamos ou nos comportamos de uma forma sistemática e estereotipada perante uma situação especifica existe um padrão de funcionamento do cérebro que surge como automático. O BAUD activa o sistema nervoso parassimpático e ajuda o cérebro a neutralizar este circuito, proporcionando um estado de acalmia interna.

Como funciona este aparelho?

Através de ondas sonoras cujas características espelham as ondas cerebrais, as pessoas podem identificar a frequência da dor ou sensação corporal associada à situação perturbadora e encontrar uma outra frequência que anule ou reduza esta primeira.

Em algumas situações pode ser necessário mais do que 1 sessão para controlar definitivamente ou eliminar as emoções que causam desconforto ou mal-estar, contudo vários casos têm demonstrado a sua eficácia com apenas 1 sessão. 

O BAUD tem-se revelado muito útil para reduzir estados de ansiedade, sensação de dor, bruxismo e para controlo de impulsos (cravings).

 

Descrevo um Caso Clínico:

A Fernanda queixava-se de uma grande dificuldade em controlar o impulso para comer doces, especialmente à noite quando estava sozinha em casa. Para a ajudar a controlar este impulso pedi-lhe que se focasse numa situação especifica que tenha suscitado ânsia por comer doces. De seguida pedi-lhe que localizasse essa emoção ou sensação no corpo. Referiu sentir uma espécie de formigueiro no peito. Numa escala de 0 a 10 (SUD) em que 0 é o valor mínimo e 10 o máximo, esta vontade de comer bolos era igual a 9.

Com o BAUD a Fernanda alterou o funcionamento da actividade neuronal do cérebro para uma onda cerebral onde extinguiu a sensação de vontade/ânsia por comer bolos (SUD=0).

Com apenas 1 sessão eliminou este impulso que interferia na sua qualidade de vida, funcionamento diário e na sua forma física.

Actualmente a Fernanda continua em psicoterapia e os resultados obtidos com o BAUD mantêm-se (5 meses após).

 

 

Catarina de Castro Lopes

Diretora Clínica de Psicologia na White

Tema do Mês - Ano Novo, Vida Nova!

Dicas para o seu bem-estar

 

1. Faça exercício físico. Se não gosta ou não tem tempo, tente transformar as suas actividades quotidianas numa forma de se exercitar: vá a pé comprar o jornal, se utiliza transportes procure sair numa paragem mais distante de forma a andar um pouco mais ou use as escadas em vez do elevador.   Está provado que o exercício físico aumenta os níveis de endorfinas deixando-o mais bem disposto e animado, melhorando assim, o seu funcionamento cerebral.

 

2. Procure relaxar no seu dia-a-dia. Bastam apenas 10 ou 15 minutos. Tome um banho de imersão ou ouça musica relaxante.

 

3. Durma entre 7 a 8h por dia. É durante o sono que o cérebro integra as aprendizagens e processa as emoções, adquirindo desta forma maior energia e boa disposição para o dia seguinte.

 

4. Coma de uma forma saudável. Siga um padrão alimentar regular. Isto é, procure comer 3 refeições principais e 3 refeições secundárias (lanches) por dia, e não deixe passar mais de 3 horas entre elas.

 

5. Socialize regularmente. Procure ter qualidade de tempo com os seus amigos e familiares, uma vez que é através dos outros que nos integramos a nós próprios.

 

6. Procure fontes de prazer e bem-estar.  Sorria! Dê uma boas gargalhadas no seu dia-a-dia

 

7. Aprenda algo novo que lhe traga crescimento pessoal e ocupacional no futuro.  É importante sentirmo-nos úteis e sentirmos que contribuímos de alguma forma para a vida em sociedade.

 

8. Respeite as suas necessidades para que possa conviver em maior paz e harmonia com os outros.

 

9. Foque-se naquilo que quer e valoriza. Corra atrás do que deseja.

 

10. Cuide de si e da sua imagem. É muito importante gostar de se ver ao espelho. Sentir-se bem com a sua aparência física vai ajudá-lo a ter um dia mais bem sucedido.

 

Bom Ano Novo!

 

 

Catarina de Castro Lopes

Diretora Clínica de Psicologia na White

 

EMDR - Eye Movement Desensitization and Reprocessing

O que é o EMDR?

 

É um método de dessensibilização e reprocessamento de experiências emocionalmente traumáticas através da estimulação bilateral do cérebro, que promove a comunicação entre os 2 hemisférios cerebrais.

 

Uma grande variedade de perturbações é causada por memórias de acontecimentos perturbadores que se encontram fisiologicamente alojadas no cérebro de modo disfuncional. Estas memorias "mal arrumadas" podem causar sofrimento no presente.

 

Quando surge uma situação traumática, pode ficar bloqueada no sistema nervoso com a recordação original, com os sons, os pensamentos, as emoções do passado e as sensações físicas.

A terapia EMDR ajuda a desbloquear o sistema nervoso e permite que o cérebro processe a experiencia traumática. É um processo semelhante ao que se passa quando sonhamos (a chamada fase REM do sono) durante a qual os movimentos oculares rápidos facilitam o processamento do material inconsciente.

É importante salientar que é o paciente que activa o processo de cura e que mantém o controlo exclusivo deste processo.

 

É um poderoso e surpreendente método terapêutico, pois em pouco tempo, criam-se novas interpretações, novas reacções emocionais e novos comportamentos. Muito rapidamente os sintomas de que as pessoas se queixam desaparecem, o sono estabiliza e as dores extinguem-se.

 

Catarina de Castro Lopes

Diretora Clínica do Departamento de Psicologia na White