Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linha White

É Mindful?

Mindfulness significa prestar atenção, intencionalmente, no momento presente e de uma forma não avaliativa. É simplesmente perceber o que está a acontecer, sem aprovar ou rejeitar as experiências. 




Quando alguém está a ser mindfulness, está aberto a todas as emoções. Significa ver como as coisas como são, de uma forma directa e imediata, podemos ver por nós mesmos o que está presente e é verdadeiro, sem avaliar ou julgar como sendo bom ou mau. O Mindfulness pode trazer a nossa atenção a cada momento. É a capacidade de percebermos o que está a acontecer no aqui e no agora. Esse conhecimento é um passo necessário para fazer qualquer mudança. O Mindfulness dá-nos espaço ou a liberdade de "observar" o que está a acontecer sem pressa para parar, mudar ou "consertar" a experiência. Prestar atenção desta forma permite "reunir os dados" da experiência e utilizar essa consciência plena, como base para a tomada de decisões sobre o nosso comportamento futuro. Com a pratica de Mindfulness o nosso comportamento torna-se menos reactivo ou automatico. 

Cultiva-se esta atitude dirigindo a nossa atenção, de forma intencional. Praticar Mindfulness pressupõe um interesse activo, para que possamos desenvolver aprendizagens através das quais podemos aumentar recursos ou competencias.

Se pensarmos no stress sabemos que não existem soluções mágicas ou respostas fáceis. O stress é natural na nossa vivência. Ainda assim, muitas pessoas tentam evita-lo. Outras procuram anestesiar-se de diversas formas para procurarem escapar-se a emoções desagradaveis. É claro que todos nós precisamos de nos distanciar dos problemas de vez em quando mas se as nossas estratégias habituais para lidar com adversidades forem o evitamento e a fuga, então os nossos problemas poder-se-ão agravar pois não irão desaparecer magicamente. Aquilo que realmente desaparece, ou fica camuflado quando nos desligamos e fugimos dos nossos problemas ou emoções, é o nosso poder de crescimento, mudança e adaptação.

O Mindfulness pode ajuda-lo a enfrentar as suas dificuldades e a encontrar soluções eficazes, proporcionando-lhe tranquilidade e harmonia interior. 

 

Catarina de Castro Lopes

Directora Clinica de Psicologia na White

Enfrente o ano novo com optimismo!

Todos os dias nos deparamos com noticias ou comentários sobre a recessão económica. Tem-se tornado tema muito debatido, surgindo frequentemente em conversa com amigos, em reuniões de trabalho ou às refeições com a família. Seja onde for este assunto é o centro das atenções. A esta situação acresce ainda o desemprego e as dificuldades familiares que aumentam exponencialmente.

Como podemos manter o equilíbrio emocional durante este período?

 

1.  Foque-se naquilo que pode controlar

Aquilo em que nos focamos pode mudar radicalmente a forma como nos sentimos. Pode não ter controlo sobre a situação económica do país, mas com certeza terá sobre alguns aspectos da sua vida e inclusivé poderá ter sobre a sua própria situação económica. Se já fez tudo o que está ao seu alcance, então, será que vale a pena preocupar-se tanto com aquilo que não controla? 

 

2. Estabeleça prioridades

Comece por clarificar o que é realmente importante para si. Podemos escolher perceber que as pessoas de quem mais gostamos são mais valiosas do que algo que nos faz andar constantemente stressados e sobre o qual não temos controlo. Saiba apreciar aquilo que tem e perceba o que é mais importante na sua vida.

 

3. Partilhe as suas preocupações

A nossa família e amigos são muito importantes na nossa vida. São eles que nos dão sentido à vida e que nos prestam o apoio mais imediato em alturas de crise. Não se isole! Crie e desenvolva a sua rede de contactos. Participe em encontros, almoce com colegas de trabalho e procure antigos amigos da escola ou da faculdade. 

 

4. Deixe de se lamentar

Continuar a lamentar-se sobre os problemas económicos ou a comentar as más noticias vai melhorar a situação? Se chegou à conclusão que de nada adianta, então aproveite para fazer algumas actividades que possam estar ao seu alcance. Se perdeu o emprego envolva-se em acções que o façam sentir-se útil e melhor consigo mesmo. Procure verificar se existem algumas competências que precisa melhorar. Veja a sua situação como uma oportunidade e aproveite para aprender!

 

5. A situação irá restabelecer-se

A crise não será eterna... Como sabe a história irá repetir-se e a nossa economia vai recuperar, como em todas as crises. Depois da tempestade virá a bonança! E não se esqueça que não está sozinho, estamos todos no mesmo barco.

  

6. Veja os benefícios

Existem oportunidades em tempos de crise. Por exemplo, se for o caso de ter menos dinheiro, pode servir para perceber que consumia muitos produtos desnecessariamente.

 

7. Abandone o medo

De que lhe vale estar ansioso e aborrecido? Corre o risco de entrar num ciclo pessimista, inibindo a sua criatividade e deste modo qualquer solução que possa ser viável para resolver a sua situação económica. Quanto mais medo temos, menos nos atrevemos a tomar decisões e mais difícil será sairmos desta crise.

 

8. Mude o seu vocabulário

As palavras que usamos têm impacto naquilo que sentimos. Se disser a si mesmo que “está tudo perdido” com certeza terá sentimentos de desesperança, tristeza e frustração. Expressões como esta agravam ainda mais o nosso mal-estar, mantendo-nos focados no medo em vez de nos permitir pensar em soluções.

 

9. Escolha sentir-se bem!

Aceite a situação. Afinal que mais pode fazer? Atenção, que aceitar não significa resignar-se ou tornar-se vulnerável. Significa perceber que é na realidade a nossa situação actual. Porque não focar-se intencionalmente no que é importante para si, naquilo que o faz sentir bem, que lhe traz alegria e motivação? Estamos todos os dias rodeados de oportunidades para sermos felizes mas é preciso olharmos para elas. A escolha está nas suas mãos! Pode continuar a sentir medo, mas porque não escolher experienciar esperança e gratidão? Reconhecer que tem capacidade para viver a situação de crise de uma forma diferente, mais optimista, também pode ser uma opção.

Quando mudamos o significado de algo para nós, isto é, quando mudamos a nossa interpretação, mudamos as nossas emoções.

 

 

Desejo-lhe um novo ano de tranquilidade e bem-estar! Fique bem. 

 

Catarina de Castro Lopes 

Directora Clínica de Psicologia da White

Depressão Sazonal

No Outono ou Inverno podemos sentir vontade de dormir mais, optar por comidas mais fortes (doces e hidratos de carbono) e apresentar mudanças na nossa energia e motivaçao diária. Todas estas alterações se manifestam de diferentes formas entre as pessoas, no entanto, só podemos afirmar que se trata de depressão sazonal quando estas mudanças passam a apresentar problemas significativos no nosso dia-a-dia.

 

1. O que é a Depressão Sazonal?

A caracteristica principal é o inicio e a remissão de episódios depressivos em alturas particulares do ano. Na maioria dos casos os episódios começam no Outono ou no Inverno e desaparecem na Primavera.

 

2. Quais os principais sinais de alarme?

Os episódios de depressão sazonal são frequentemente caracterizados por alterações do sono e apetite, insónia ou sono prolongado, exaustão e fraqueza, isolamento ou irritabilidade, dificuldade de concentração, raciocinio lento, ataques de choro, angustia e por vezes surgem pensamentos suicidas.

  

3. Por que motivos ocorre?

O conhecimento dos mecanismos da influência da luz sobre a melatonina e a serotonina permite concluir que a depressão sazonal parece estar mais relacionada com um processo biológico do que psicológico. Acredita-se que esta perturbação esteja relacionada com o aumento de luz e temperaturas elevadas, pois a luz influencia o nosso relógio biologico interferindo nos ciclos de vigilia e sono, mas também no humor.

A idade também parece desempenhar o seu papel, na medida em que este é um problema mais comum a partir dos 25 anos, sendo muito raro abaixo dos 20. É também mais frequente entre o sexo feminino pois compreende 60 a 90% dos casos, embora no sexo masculino os sintomas possam ser mais acentuados.

A depressão sazonal é pouco diagnosticada, no entanto, quando não tratada pode ter consequências tão graves como a depressão propriamente dita, reconhecida como uma doença do foro psicológico.

 

4. Que soluções existem?

Apesar da depressão sazonal estar essencialmente ligada a mecanismos biológicos, o processo psicoterapêutico pode ser bastante útil para ajudar a lidar com as mudanças de humor, sentimentos e comportamentos associados. Se os sintomas forem severos deve recorrer a ajuda psiquiatrica em complementariedade.

Se começar a sentir alguns dos sintomas indicados opte por recorrer à psicoterapia evitando que se instale a depressão.

 

 

Catarina de Castro Lopes

Directora Clinica de Psicologia na White

 

 

 

 

Auto Avaliação da Mama

 Envelhecimento da Mama

 

A mama é o órgão principal no corpo da mulher no que diz respeito à sua feminilidade

 

Faça a avaliação do estado da sua mama ao espelho

 

O envelhecimento da mama, é caracterizado por:

 

-       Perda de volume (na maior parte dos casos)

-       Perda de elasticidade da pele

-       Falta de consistência da Glândula mamária

-       Transformação da Glândula em gordura

 

Estas alterações contribuem para a queda da mama e logo para a sua degradação estética, com repercussões ao nível da auto estima da mulher

 

Como diagnosticar:

 

1º - Diferenciar entre (Fig 1):

 

-       Ptose da glândula

-       Ptose verdadeira

-       Má distribuição da glândula (malformação em que o pólo inferior tem dimensão pequena – distância entre o mamilo e o sulco muito pequena)

-       Pseudoptose

 

 

 

 

2º - Determinar os graus de envelhecimento (Fig. 2) – de acordo com a posição entre o mamilo e o sulco infra mamário:

 

      A – O mamilo está ao nível ou ligeiramente abaixo do sulco

      B – O mamilo está 1 a 3 cm abaixo do sulco

      C – O mamilo está mais de 3 cm abaixo do sulco

 

 

 Tipo de Soluções Cirúrgicas:

 

- Aumento Mamário - indicado para ptose ligeira

- Lifting da Mama (Mastopexia) - indicado para ptose moderada e acentuada em mama com volume adequado

- Lifting da Mama com Próteses (Mastopexia de aumento) - indicado para ptose moderada e acentuada em mama com pouco volume

 

Tiago Baptista Fernandes

 

Cirurgião Plástico

Director Departamento de Medicina e Cirurgia Estética

 

www.white.pt
www.tiagobaptistafernandes.com

 

Rinoplastia Não Cirúrgica - Bioplastia Nasal


Novidade na Medicina e Cirurgia estética desde há pouco tempo, é considerada hoje em dia uma das grandes evoluções no tratamento das deformações nasais, quer congénitas, quer após um trauma.

 

É usado um preenchimento com ác Hialurónico, que sem necessidade de anestesia, permite a correcção de bossas nasais, ponta descaída, falta de volume localizado ou outras deformações.




O procedimento demora cerca de 20 minutos, podendo retomar a actividade profissional ou desportiva imediatamente

 

Nem todos os casos têm indicação para este tratamento, e necessitam de Rinoplastia Cirúrgica

Departamento de Medicina e Cirurgia Estética

 

Dr Tiago Baptista Fernandes - Cirurgião Plástico


www.cirurgiaplastica.pt 


http://www.facebook.com/whitelifedesign

 

Caso Clinico - Lifting da Face e Pescoço, e Peeling profundo da face

Em casos avançados de envelhecimento facial, é necessário realizar vários tipos de tratamentos para obtermos um resultado satisfatório

Esta Sra apresentava rugas profundas e flacidez da pele
Realizámos um lifting da face e do pescoço para tratar a flacidez cutânea.
No mesmo acto operatório foi efectuado um Peeling profundo da face para eliminar as rugas mais profundas. 

 

 

 

 

 

A remodelação dos músculos do pescoço permite obter um contorno natural e muito rejuvenescido, sem alteração das feições da pessoa, facto fundamental para um resultado credível.

 

Equipa Clinica do Caso Clínico

 

Diagnóstico e Plano de tratamento: Dr Tiago Baptista Fernandes, Dra Leonor Girão

Cirurgião: Dr Tiago Baptista Fernandes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Caso Clínico Dr White ep 12 - Lifting Face e Pescoço

O envelhecimento facial, é caracterizado por falta de volume, flacidez cutânea e rugas mais ou menos profundas
Neste caso, a flacidez cutânea é de tal modo marcada, que há um apagamento da linha do maxilar inferior, conferindo um ar muito envelhecido.

 

Um ângulo entre o queixo e o pescoço bem definido, é um dos objectivos do Lifting do pescoço, a melhoria é significativa.

 

 

 

Para obtermos este tipo de resultados, não é suficiente uma lipoaspiração, mas sim uma total remodelação dos músculos do pescoço.

São usadas incisões á frente e atrás da orelha, mais uma pequena de cerca de 3 cm por baixo do queixo.

O resultado final corresponde a uma diminuição de mais de 20 anos no aspecto da paciente, sem que se tenha obtido um resultado minimamente falso.

 

Equipa Clinica do Caso Clínico

 

Diagnóstico e Plano de tratamento: Dr Tiago Baptista Fernandes, Dr Eduardo Matos

Cirurgião: Dr Tiago Baptista Fernandes

 

 

 http://linhawhite.blogs.sapo.pt/73376.html

 

 

 www.tiagobaptistafernandes.com

 

 

 

 

 

 

Dr. White - Intervenção Psicologica na Redução de Peso

Quem viu o ultimo episodio Dr. White pôde perceber que a Maria Celeste Lampreia usava a comida como forma de se tranquilizar em momentos de maior ansiedade ou angustia. Usando as suas palavras: "Tive alguns problemas na minha vida e entao comia, comia, comia". Estas emoções negativas levavam-na a comer em excesso e consequentemente a engordar, o que lhe provocava sentimentos de culpa e desesperança após esta ingestão alimentar excessiva, entrando num verdadeiro ciclo vicioso.

As sessões de psicologia ajudaram-na a mudar comportamentos que perpetuavam a dificuldade em perder peso e a controlar o impulso para ingestões alimentares excessivas ou hipercalóricas. Foram delineadas estrategias para diminuição de ansiedade e auto-regulação emocional que permitiram que a Celeste começasse a usar outras ferramentas para regular as suas emoções sem ser através da sobrealimentação. A intervenção psicologica contribuiu ainda para a mudança de alguns pensamentos que surgiam como contraproducentes tais como: "Perdido por 100 perdido por 1000" ou "Eu nunca vou conseguir perder peso".

 

Com o trabalho em equipa conseguimos atingir o objectivo da Celeste, sendo que neste momento é uma mulher com mais auto-estima e confiança, tendo estabelecido uma relaçao mais positiva com o seu corpo.

 

 

Catarina de Castro Lopes

Diretora Clinica de Psicologia na White

 

Estrias - Novos tratamentos não cirúrgicos exclusivos

 
As estrias do abdómen, mama, flancos, nádegas e coxas, são um problema muito comum, normalmente provocado por variações de peso, gravidez ou doenças. Alguns casos necessitam de uma intervenção cirúrgica, como mamoplastia ou abdominoplastia, mas a maior parte pode obter resultados muito bons, sem cirurgia. 

Temos 2 protocolos exclusivos, diferentes, que variam de acordo com cada caso:

1º - Máscara vegetal com hidratação profunda - 4 sessoes
2º - White striae peeling - dermorroler com peeling suave - 4 sessões
Departamento Medicina e Cirurgia Estética

Médico responsável - Dr Tiago Baptista Fernandes
Equipa Médica -  Dr Tiago Baptista Fernandes, Dra Leonor Girão, Dr Eduardo Matos
Técnicas Estética - Monica Dias, Irina Nunes


 

Remodelação Mamária após a gravidez - Dr White ep7

 
Alterações normais provocadas pela gravidez

-Diminuição do volume da mama
-Queda da mama (ptose)
-Estrias, flacidez da pele e dos músculos abdominais

Técnicas Cirúrgicas disponíveis

- Aumento mamário
- Abdominoplastia
A importância da colocação de próteses por baixo do músculo - técnica Dual Plane tipo II, fica bem evidente pela naturalidade do resultado final.
Os músculos da parede abdominal foram reaproximados, o excesso de pele e as estrias removidas, através de uma cicatriz, totalmente escondida na roupa interior.
Com estas duas cirurgias de 2 horas, conseguimos remodelar o corpo totalmente, devolvendo a silhueta prévia à cirurgia ou melhorando a mesma.
A melhoria na autoestima foi bem evidente.
 

Equipa participante neste caso clínico:

 

 

Cirurgião: Dr. Tiago Baptista Fernandes