Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linha White

EXCESSOS ALIMENTARES NO NATAL

Natal é estar junto de familiares e amigos e passar horas em torno da... mesa!


A grande questão coloca-se: comer ou não comer? A verdade é que nem sempre é “possível” resistir, nem passar a véspera de Natal a contar calorias…

 

Com toda a informação que recebemos diariamente sobre alimentação, por vezes fica esquecido que, também, a alimentação passa pelos aspetos emocionais e sociais, pelo convívio e o estar em família à mesa, pelo dom de transmitir afetos e até opiniões.

 

Cometer alguns excessos alimentares em ocasiões especiais não representa um perigo para a saúde, desde que, não se arraste durante dias ou mesmo semanas consecutivas, comummente observado ao longo de todo o mês de dezembro.

 

Mentalize-se: engordamos de janeiro a dezembro e não de dezembro a janeiro!

 

O que se pretende recomendar é moderação nesta fase. Faça um “excesso equilibrado”, consciente e não deixe para depois o que pode já ir controlando agora... Os aumentos de peso característicos desta época, em alguns casos dramáticos, podem demorar meses a ser compensados. Posto isto, não acumule dificuldades!

 

Por isso pense e planeie antes, para não se arrepender depois!

 

Obviamente que não se pretende quebrar os rituais e os hábitos nesta época do ano, apenas existe o objectivo de alertar eventuais excessos que, tipicamente, ocorrem nesta altura do ano.

 

Neste sentido, o melhor conselho que posso dar a quem quer minimizar os excessos durante a época Natalícia é que siga as “regras” de uma alimentação saudável: completa, equilibrada, variada e moderada.

 

Caso não o faça, de todo… em Janeiro, vai sempre a tempo de entrar nos eixos! 

 

Iara Rodrigues

Directora do Departamento de Nutrição WHITE