Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linha White

Coroas vs Facetas

Coroas e facetas são duas diferentes peças de cerâmica feitas em laboratório. A principal diferença entre as duas é que as coroas recobrem a totalidade do dente enquanto as facetas apenas cobrem a face frontal dos mesmos.

 

DSC_7089.JPGDSC_8798.JPG

           Coroas                                 Facetas

 

A colocação da coroa dentária requer um desgaste maior da superfície do dente. Quando o dente é preparado é reduzido ao tamanho e forma de chama. Quando a coroa é cimentada passa a ser a nova superfície do dente.

 

As coroas têm uma espessura de 2mm ou mais. As facetas são mais finas que as coroas, medindo cerca de 1mm ou menos de espessura. É portanto necessário um menor desgaste dentário para colocação de facetas. Faz-se uma pequena redução na face anterior do dente, a face posterior não é tocada. Com algumas técnicas chega a não ser mesmo necessário tocar no dente.

 

Ambas as estruturas são aderidas ao dente com materiais específicos para cimentação. Esta cimentação é definitiva, o que significa que não voltam a descolar, para a remoção têm que ser destruídas.

cimentação.jpg

            Cimentação

 

Existem alguns fatores determinantes para a escolha de uma coroa ou faceta. As coroas têm como objetivo recriar um dente natural. São aconselhadas para reconstrução dentária quando há grande destruição do dente. Podem ser usadas para fazer uma grande alteração de cor ou forma do dente. Quando estamos perante a colocação de um implante será esta estrutura que o vai cobrir. Para além disto as coroas são muito fortes e duradouras, são uma boa opção para dentes que estão expostos a fortes forças mastigação.

Caso clínico de coroas:

coroas inicial.jpgcoroas final.jpg

                     Inicial                                                Final

As facetas são utilizadas com funções mais estéticas. São indicadas para alterações ligeiras de cor e forma. Têm que ser colocadas em dentes cuja estrutura está sã e intacta. Estas cerâmicas também são fortes mas quebráveis, sendo que funcionam melhor em zonas onde a força sobre as mesmas vai ser mínima ou passiva.

Caso clínico de facetas:

facetas incial.jpgfacetas final.jpg

                     Inicial                                                Final

O passo mais importante para que você garanta a longevidade da sua coroa e faceta é com uma boa higiene oral e visitas regulares ao seu dentista.

Dentes Apinhados. Soluções?

Boa Tarde, venho por este meio pedir um esclarecimento sobre as várias hipóteses que se apresentam para corrigir um pequeno defeito dentario que me tem vindo a incomodar esteticamente nos ultimos tempos...

Os meus dentes incisivos superiores estao ligeiramente sobrepostos um no outro e gostava de saber se existe mais algum tipo de tratamento que corrija o posicionamento dos mesmos pará além dos aparelhos dentarios damon, visto que nao me sinto muito confortável com a ideia de ter de usar aparelho durante largos meses. Tenho a restante dentiçao bem alinhada, apenas os incisivos superiores é que apresentam esta pequena deformação.
Desde já um obrigado.

 

 

Saúde, Função, Estética

A sociedade actual vive de forma intensa o culto da beleza. Todos nós acabamos por sofrer na pele os efeitos dessa pressão social. Um sorriso mais branco e luminoso, uma pele mais perfeita e bronzeada ou um corpo mais tonificado, são exemplos daquilo que a maioria das pessoas procura, em busca da perfeição que se vê nas revistas, na televisão, no cinema, nos media. As pessoas tornaram-se mais atentas e cuidadas no que toca à aparência, e isso acaba por se reflectir em vários aspectos do nosso dia-a-dia. A procura por tratamentos estéticos (quer em Medicina Dentária, quer em inúmeras outras áreas) tem vindo a aumentar a cada ano que passa, e não parece dar sinais de estar a abrandar.

 

Temos actualmente ao nosso dispor uma panóplia de tratamentos estéticos que permitem resolver praticamente todas as situações: aparelhos ortodônticos, branqueamentos dentários, facetas e coroas em cerâmica, resinas compostas de ultima geração, etc. Não podemos, no entanto, esquecer que existem prioridades em termos de planeamento do tratamento, e que uma boca doente jamais será boa candidata a tratamentos estéticos. Má higiene oral, problemas gengivais, dentes em falta, cáries ou desvitalizações mal executadas, poderão impossibilitar a obtenção de um sorriso estético e harmonioso.

 

Uma boca com peças em falta é, também, dificilmente estética. A estética baseia-se em vários princípios: harmonia, simetria, invisibilidade, mimetização, etc. Um ou mais dentes ausentes deitam por terra estes princípios. Um sorriso estético, deve ser, antes de mais, saudável e funcional.

 

Inverter estas prioridades, traz geralmente maus resultados. Se fizermos um paralelo, será algo como construir uma mansão fantástica em cima de um terreno de areia movediça, com pilares fragéis. A casa poderá ficar linda e confortável, mas por um tempo limitado. Assim que a força mastigatória e a biologia começarem a actuar, tudo cairá por terra, e os problemas orais irão surgir.

 

Assim sendo, considere sempre estas prioridades quando visitar o seu Médico Dentista, ou quando procurar tratamentos estéticos. Se tiver uma boca saudável e funcional, a estética acaba por vir por acréscimo, e por ser bem mais fácil de obter.

 

Por Dr. Ricardo Alho, Médico Dentista - departamento de reabilitação oral na Clínica WHITE

Tratamento de toda a boca

Bom dia,

 

Antes de mais, gostaria de vos felicitar pelo trabalho que têm vindo a desenvolver. Sempre vi o vosso programa de televisão (até 2008, a terceira série), e sonhei em um dia ter a boca tratada. Tenho vindo a fazer pequenos tratamentos, "remendos", mas nunca consegui ter a boca efectivamente tratada. Neste momento, tenho 42 anos, penso ter uma boa imagem, mas a boca não acompanha. O que poderão fazer por mim?

 

Faltam-me 3 dentes no maxilar inferior (2 atrás do lado esquerdo, e um mais à frente, do lado direito), e tenho dentes desvitalizados que me doem de vez em quando. Simultaneamente, tenho os dentes escurecidos, do tabaco, e alguma inflamação permanente nas gengivas (sangram diariamente). O que poderão fazer por mim no caso destes?

 

Obrigada!

 

S. Martins