Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linha White

Aumento Mamário - Confiança e Segurança

 

 

 

 

O aumento mamário é actualmente a Cirurgia Estética mais realizada nos Estados Unidos, com mais de 300.000 casos por ano.
Usada para a correcção de:

 

- Deformações congénitas

- Assimetria mamária

- Volume mamário pequeno

- Diminuição volume e flacidez pós gravidez 

 

 

 

Técnica utilizada nestes casos clínicos

 

- Próteses anatómicas

- Sub-muscular

 

Duração da consulta - 30 a 60 minutos

Tipo de Cicatriz - Periareolar, Sulco mamário ou axilar

Duração da cirurgia - 45 a 90 minutos

Estadia na Clinica - 0 ou 1 dia

Regresso á vida activa - 5 a 8 dias 

 

O aumento da mama, deve ser o mais natural possível, não sendo perceptivel se a mulher tem ou não próteses.

Para tal 3 decisões devem ser tomadas:

 

- Colocação da prótese por baixo do músculo ou apenas por baixo da glândula

- Uso de próteses redondas ou anatómicas (em gota)

- Naturalmente o volume da prótese deve ser o adequado ás dimensões do toráx da mulher, sendo fundamental ter em conta várias medidas que são realizadas durante a consulta

 

Tiago Baptista Fernandes

 

Cirurgião Plástico

Director Departamento de Medicina e Cirurgia Estética

 

www.white.pt
www.tiagobaptistafernandes.com

 

 

 

 

Remodelação Mamária após a gravidez - Dr White ep7

 
Alterações normais provocadas pela gravidez

-Diminuição do volume da mama
-Queda da mama (ptose)
-Estrias, flacidez da pele e dos músculos abdominais

Técnicas Cirúrgicas disponíveis

- Aumento mamário
- Abdominoplastia
A importância da colocação de próteses por baixo do músculo - técnica Dual Plane tipo II, fica bem evidente pela naturalidade do resultado final.
Os músculos da parede abdominal foram reaproximados, o excesso de pele e as estrias removidas, através de uma cicatriz, totalmente escondida na roupa interior.
Com estas duas cirurgias de 2 horas, conseguimos remodelar o corpo totalmente, devolvendo a silhueta prévia à cirurgia ou melhorando a mesma.
A melhoria na autoestima foi bem evidente.
 

Equipa participante neste caso clínico:

 

 

Cirurgião: Dr. Tiago Baptista Fernandes